Seu Dia-a-Dia

O glaucoma é uma das principais causas de cegueira; previna-se
http://saude.terra.com.br/noticias/0,,OI5757487-EI16560,00-O+glaucoma+e+uma+das+principais+causas+de+cegueira+previnase.html

O glaucoma é uma das principais causas de cegueira. Pode-se padecer da doença durante anos sem notar sintoma algum. O problema fundamental do glaucoma é sua falta de sintomas!

O glaucoma se deve a uma falta de regulação da pressão intra-ocular. O aumento da pressão vai danificando o nervo óptico. Devido a isso, se perde a visão periférica do olho de maneira paulatina. No entanto, a visão central pode ser conservada durante muito tempo, por isso a doença passa despercebida para o afetado.


Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Missão: cuidar do bem-estar do sistema visual
http://www.atribunanet.com/noticia/missao-cuidar-do-bem-estar-do-sistema-visual-79521
Publicado em 07/05/2012 - 05:01:00

Não seria injusto se os chamássemos de “anjos da visão”, pois são eles que, com seus anos de estudos, conhecimentos e experiência profissional, ajudam muitas pessoas a melhor enxergar o mundo à sua volta. Estamos falando do oftalmologista, que tem seu dia celebrado hoje!


Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Blefaroespasmo, o tremor ocular do estresse
http://londrina.odiario.com/blogs/vita/2012/05/04/blefaroespasmo-o-tremor-ocular-do-estresse/
Publicado em 4 de maio de 2012 às 10:26

O hábito de piscar os olhos é essencial, porque a lágrima limpa e lubrifica a córnea. Com isso, neutraliza a ação de microrganismos que podem provocar infecções oculares. No entanto, situações estressantes, cansaços físico e psicológico podem provocar mais do que piscadas, mas o abrir e fechar ininterruptos das pálpebras, o chamado blefaroespasmo.


Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Rastreamento dos olhos permite a leitura da mente, mostra pesquisa
http://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2012/04/27/926115/rastreamento-dos-olhos-permite-leitura-da-mente-mostra-pesquisa.html
Publicado em 27/04/2012

Pesquisadores desenvolvem sistemas de câmeras que observam os movimentos oculares e interpretam como vemos as coisas a partir de nossas preferências visuais

Diversas empresas já estão desenvolvendo dispositivos que permitem o rastreamento dos nossos movimentos oculares. Esses sistemas seriam capazes de observar o que vemos na internet e interpretar essas informações da seguinte forma: os dispositivos analisariam a quantidade de tempo que usamos para determinada imagem ou palavra, estudariam a dilatação da pupila e a velocidade com que piscamos. Todos esses detalhes dariam às empresas informações valiosas sobre os clientes, que poderiam direcionar suas ações publicitárias.


Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Vírus da gripe pode se tornar conjuntivite em crianças
http://www.fatimanews.com.br/noticias/virus-da-gripe-pode-se-tornar-conjuntivite-em-criancas_132902/
Publicado em 26 de Abril de 2012 - 17:03

O frágil sistema imunológico do recém-nascido e da criança na primeira infância (até os 4 anos de idade) é mais suscetível à ação de microrganismos, como bactérias e vírus como o da gripe que, ao entrar em contato com os olhos, pode converter-se em conjuntivite.


Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Poluição prejudica os olhos
http://www.odebate.com.br/saude-beleza/outono-poluicao-prejudica-saude-dos-olhos-26-04-2012.html
Publicado em 26/04/2012 – 13h00

Com a chegada do outono, o tempo seco e aumento da poluição no ar ressecam a lágrima que tem a função de proteger os olhos.

De acordo com o oftalmologista do Instituto Penido Burnier, Leôncio Queiroz Neto, nesta época do ano a menor lubrificação dobra o número de pacientes que chegam ao consultório com olhos vermelhos, lacrimejamento, coceira, sensação de corpo estranho, queimação, fotofobia e visão borrada.


Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Portadores de visão monocular poderão ser considerados deficientes
http://www.cenariomt.com.br/NOTICIA.ASP?COD=178967

Portadores de visão monocular são prejudicados no mercado de trabalho por serem considerados inaptos para diversas atividades, entre as quais motoristas, e ainda, por não terem legalmente reconhecida sua incapacidade, os portadores da visão monocular não podem ter o benefício de inscrição nas cotas especiais para deficientes em concursos públicos, para ingresso em cargos nos quais sua condição física não constitua impedimento.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Degeneração macular ligada à idade preocupa pessoas com mais de 55 anos
http://surgiu.com.br/noticia/31087/degeneracao-macular-ligada-idade-preocupa-pessoas-com-mais-de-55-anos.html
Postada em: 25/04/2012 às 09:49:03

O aumento da longevidade é um dos grandes desafios da medicina, que busca avançar no tratamento de doenças prevalecentes em idosos. Uma delas é a degeneração macular relacionada à idade (DMRI), a principal causa da perda de visão em pessoas acima de 55 anos em todo o mundo. O problema atinge a mácula, região mais nobre e central da retina, responsável por tarefas como dirigir. A cura definitiva.

ainda está distante, mas existe a possibilidade do uso de medicamentos — relativamente caros para a maior parte da população — que aumentam as chances de controle da doença. A esperança de tornar o tratamento mais acessível pode estar em um remédio que deve entrar neste ano no mercado brasileiro.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Pesquisa revela que população do Norte do País toma pouco cuidado com olhos
http://acritica.uol.com.br/noticias/Pesquisa-populacao-Norte-Pais-cuidado-Manaus-Amazonas-Amazonia_0_688731127.html
Manaus, 25 de Abril de 2012

Pesquisa nacional mostra que 55% dos nortistas não fazem a consulta anual recomendada pelos oftalmologistas!
Uma pesquisa divulgada recentemente por um grupo alemão chamado Carl Zeiss, de tecnologia oftalmológica, que atua no Brasil, revelou que apenas 55% da população da Região Norte consulta o oftalmologista anualmente, como indicado pelos especialistas. O resultado da pesquisa indica que a maioria dos mil entrevistados procura orientação médica apenas quando começam a sentir algum incômodo nos globos oculares, ou olhos.


Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Cerca de 38 milhões de brasileiros têm presbiopia, a 'vista cansada'
http://www.jornalfloripa.com.br/geral/index1.php?pg=verjornalfloripa&id=2792
Publicada em 24/04/2012 às 12h05min

Cerca de 38 milhões de brasileiros têm presbiopia, a 'vista cansada'. O problema é progressivo e, infelizmente, piora com a idade.

A presbiopia, ou vista cansada, como é mais conhecida, costuma aparecer depois dos 40 anos. Os braços vão ficando mais curtos, as letrinhas parecem diminuir ou "dançar" na página. Para reduzir o problema, nos casos mais graves até a cirurgia é recomendada.


Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Pesquisador descobre mutações em gene de doença que causa cegueira
http://g1.globo.com/goias/noticia/2012/04/pesquisador-descobre-mutacoes-em-gene-de-doenca-que-causa-cegueira.html
Publicado em 12/04/2012 às 07h00

Mapeamento pode ajudar no tratamento de enfermidade rara. Doença genética está entre as principais causas de cegueira na infância.

Um pesquisador de Goiás descobriu três novas mutações em um gene causador da amaurose congênita leber tipo 8 (LCA8), doença genética ocular que está entre as principais causas de cegueira na infância. Responsável pelo estudo, o médico Luís Alexandre Rassi Gabriel explica que o mapeamento inédito ajudará no tratamento do problema por meio de terapia gênica.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Ardência nos olhos em frente ao computador pode ser evitada
http://g1.globo.com/sao-paulo/itapetininga-regiao/noticia/2012/04/ardencia-nos-olhos-em-frente-ao-computador-pode-ser-evitada.html
Publicado em 18/04/2012 às 11h08

Isso ocorre devido à 'Síndrome do Uso do Computador'. A recomendação é forçar o ato de piscar para fazer a lubrificação natural.

Ficar várias horas seguidas em frente ao computador faz com que muitas pessoas diminuam a intensidade do ato de piscar os olhos. O oftalmologista de Itapetininga (SP), Quirino de Jesus Lopes, 60 anos, explica que, quando a pessoa está atenta com suas tarefas em frente ao computador, ela acaba piscando menos.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Elefante usa lente de contato em Amsterdã
http://www.band.com.br/noticias/mundo/noticia/?id=100000482808
Atualizado em segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 - 19h14

Animal é o primeiro paquiderme da Europa a usar lente de contato; ele teria ferido o olho em um galho
Após ferir um olho, um elefante de um zoológico de Amsterdã, na Holanda, tornou-se o primeiro paquiderme da Europa a usar lente de contato, informou nesta segunda-feira o zoológico Artis.

"Win Thida é o primeiro elefante da Europa com uma lente de contato", afirmou um comunicado.

O elefante asiático, de 44 anos, feriu o olho esquerdo provavelmente com um galho, quando estava brincando com outros animais. A córnea foi danificada e o elefante lacrimejava continuamente. A colocação da lente durou aproximadamente uma hora, informou o zoológico.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Lentes de contato sem prescrição podem cegar
http://www.band.com.br/viva-bem/saude/noticia/?id=100000496320
Publicado 2ª feira, 9 de abril de 2012 - 17h02

A venda de lentes de contato sem receita médica e seu uso por mulheres e adolescentes, em sua maioria, continua sendo comum, e pode cegar. A Resolução 1965 do CFM (Conselho Federal de Medicina), que prevê a prescrição e adaptação de um oftalmologista, não impede o uso indiscriminado.

De acordo com o oftalmologista do Instituto Penido Burnier, Leôncio Queiroz Neto, o uso sem supervisão médica pode colocar a visão em risco. O problema seria que 15% da população não têm condições de usar lente de contato. “São pessoas com olho seco ou outras doenças oculares que podem agravar com o uso de lente” afirma.


Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Ratinhos cegos ganham visão noturna, com transplantes de células
http://www.publico.pt/Ci%C3%AAncias/ratinhos-cegos-ganham-visao-nocturna-com-transplantes-de-celulas-1542647
Publicado em 18.04.2012 - 21:38

Uma equipa de cientistas conseguiu pôr ratinhos parcialmente cegos a ver à noite, através do transplante de dezenas de milhares de células. O trabalho, publicado nesta quarta-feira na edição online da revista Nature, é pioneiro e pode vir a ajudar pessoas cegas a recuperar a visão.

Os olhos dos ratinhos são parecidos com os nossos. Têm dois tipos de células fotorreceptoras: os cones e os bastonetes. Os cones dão uma visão a cores muito nítida, mas precisam de bastante luz para funcionar. Quando o dia termina, os bastonetes tomam a liderança. Basta receberem apenas um fotão para se ativarem, só que permitem uma visão menos definida e a preto e branco.


Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Poluição prejudica saúde dos olhos no outono
http://www.band.com.br/viva-bem/saude/noticia/?id=100000499279
Atualizado em segunda-feira, 23 de abril de 2012 - 17h54

Olho seco, alergia e conjuntivite são alguns dos problemas mais comuns da estação do ano

Com a chegada do outono, o tempo seco e aumento da poluição no ar ressecam a lágrima que tem a função de proteger os olhos. De acordo com o oftalmologista do Instituto Penido Burnier, Leôncio Queiroz Neto, nesta época do ano a menor lubrificação dobra o número de pacientes que chegam ao consultório com olhos vermelhos, lacrimejamento, coceira, sensação de corpo estranho, queimação, fotofobia e visão borrada.


Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Vídeo: Camundongo recupera visão após transplante de células
http://ultimosegundo.ig.com.br/ciencia/2012-04-19/video-camundongo-recupera-visao-apos-transplante-de-celulas.html
Estudo mostrou, pela primeira vez, que células fotorreceptoras transplantadas podem se integrar
BBC Brasil | 19/04/2012 15:47:47

Cientistas britânicos conseguiram recuperar a visão de camundongos cegos, transplantando células fotorreceptoras sensíveis à luz em seus olhos.
O procedimento representa um avanço em direção a um novo tratamento para pacientes com doenças oculares degenerativas.


Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Óculos escuros: estilo ou proteção? Oftalmologista explica a importância
http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/noticia/2012/03/oculos-escuros-estilo-ou-protecao-oftalmologista-explica-importancia.html
27/03/2012 11h30 - Atualizado em 27/03/2012 12h06

O acessório, muito utilizado entre os atletas, pode ser de qualquer cor ou design, contanto que proteja os olhos contra os riscos dos raios ultravioletas
Lentes claras ou escuras; armações brancas, pretas ou coloridas, essas características influenciam bastante na escolha dos óculos escuros, mas são o que menos importa quando o tema é proteção. De nada adianta escolher o acessório pela aparência se ele no fim não proteger bem os olhos contra os raios ultravioletas.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Cuidando dos Seus Olhos chega a 75 mil consultas e expande atendimentos para comunidades isoladas
http://agencia.ac.gov.br/index.php/noticias/saude/18926-cuidando-dos-seus-olhos-chega-a-75-mil-consultas-e-expande-atendimentos-para-comunidades-isoladas.html
Publicado em 28/03/2012 - 11:17

Na segunda quinzena deste mês, o Programa Saúde Itinerante Cuidando dos Seus Olhos atingiu a marca de 75 mil consultas e ultrapassou as 25 mil cirurgias. Agora, em abril, a equipe do Cuidando dos Seus Olhos levará seus atendimentos às comunidades mais isoladas do Acre: Santa Rosa do Purus, Jordão, Marechal Thaumaturgo e Porto Walter.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Dores de cabeça ocorrem em 72,8% de jovens estudantes
http://www.portaluniversidade.com.br/noticias-ler/dores-de-cabeca-ocorrem-em-72-8-de-jovens-estudantes/3875

Pesquisa realizada na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP feita entre 415 jovens com idade média de 15 anos, estudantes da rede estadual de ensino da cidade de Ribeirão Preto (interior de São Paulo), revela uma prevalência de dor de cabeça (cefaléia) de 72,8%. O estudo mostra maior ocorrência de cefaléia entre mulheres, usuários de aparelhos ortodônticos e consumidores de bebidas alcoólicas. O trabalho também aponta que não há correlação entre dor de cabeça e horas de sono, uso de óculos, prática regular de exercícios, horas semanais gastas em TV, internet e videogame, e nem com as notas escolares.

A pesquisa também avaliou a relação entre cefaléia e o uso de óculos e de tecnologias. Segundo o pesquisador é bem difundida a relação entre as dores de cabeça e alguns problemas de visão, como glaucoma agudo, erros de refração e estrabismos. “Esses dois últimos são freqüentes na faixa etária participante da pesquisa, mas a literatura não indica se após correção da visão a cefaléia desaparece ou não. Nossa pesquisa sugere que após as devidas correções visuais a cefaléia desaparece”, relata.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Estações mais frias pedem cuidados com os olhos
http://www.jornaldiadia.com.br/index.php/cs/91201-estacoes-mais-frias-pedem-cuidados-com-os-olhos

Com a chegada das estações mais frias do ano (outono e inverno) há um aumento da incidência radiação solar e diminuição da umidade relativa do ar. Estes fatores podem propiciar aparecimento de doenças como a catarata e causar desconforto nos olhos. O oftalmologista da Clínica Glaukos, de São José do Rio Preto que também é diretor da Sociedade Brasileira de Glaucoma, Marcelo Mendonça, dá orientações para evitar problemas.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Vista cansada: Tratamento é diferente aos 40 e aos 60 anos de idade
http://www.segs.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=70050:-vista-cansada-tratamento-e-diferente-aos-40-e-aos-60-anos-de-idade-&catid=47:cat-saude&Itemid=328
Publicado em 08/abril/2012

A presbiopia, ou vista cansada, é uma condição que acomete todas as pessoas a partir dos 40 anos de idade e seus métodos de tratamento variam conforme o perfil do portador e pela faixa etária. “A abordagem cirúrgica de um paciente présbita jovem, isto é, com 43 anos de idade, é diferente da realizada para pessoas que têm a partir dos 60 anos”, explica oftalmologista do Hospital Oftalmológico de Brasília (HOB), Mario Jampaulo (CRM 12406/DF).

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Pesquisa: viagem espacial longa pode causar danos a cérebro e olhos
http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI5662137-EI301,00-Pesquisa+viagem+espacial+longa+pode+causar+danos+a+cerebro+e+olhos.html
13 de março de 2012 • 10h06 • atualizado às 13h06

Um estudo divulgado nesta terça, dia 13, aponta que astronautas que passaram mais de um mês no espaço apresentaram problemas nos olhos e no cérebro, o que pode marcar um potencial revés para os planos de se realizar missões espaciais mais longas e profundas.

A pesquisa, divulgada no Journal Radiology, analisou imagens de ressonância magnética de 27 astronautas que passaram uma média de 108 dias no espaço, tanto em missões em ônibus espaciais, que duram normalmente duas semanas, quanto a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), que podem levar mais de seis meses. Uma missão até e Marte, prevista para ocorrer nas próximas décadas, pode demorar cerca de um ano e meio.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Células-tronco podem reparar córnea danificada
http://www.jmonline.com.br/novo/?noticias,7,SA%DADE,58676
Publicado em 10/03/2012

Alguns problemas de visão só podem ser resolvidos com uma nova córnea. Contudo, existe escassez de córnea para ser doada e enorme fila para o transplante, o que aumenta as chances de cegueira para muitas pessoas que aguardam a cirurgia. Agora, pesquisadores da Universidade de Gotemburgo, na Suécia, conseguiram cultivar com sucesso, pela primeira vez, células estaminais em córneas humanas, o que, em longo prazo, pode diminuir e até eliminar a necessidade de doadores.

Na Suécia são realizados cerca de 500 transplantes de córnea por ano, sendo que, no mundo, esse número chega a 100.000. A córnea danificada pode deixar o paciente cego e, para que isso não aconteça, é preciso substituí-la por uma saudável. Contudo, para que a cirurgia seja realizada, é necessária uma nova córnea, que é doada.
Publicado na revista científica Acta Ophthalmological, o estudo utilizou as instalações do Hospital Universitário de Sahlgrenska e mostra que células-tronco humanas podem ser utilizadas para desenvolver o que os cientistas chamam de “células epiteliais”, que são cultivadas em laboratório no período de seis a 16 dias.

Os primeiros estudos foram feitos com animais e, agora, com a pesquisa em células humanas, os cientistas acreditam ter dado o primeiro passo para poder curar muitos problemas de visão sem a necessidade de doadores. “Se pudermos estabelecer um método de rotina para isso, a disponibilidade de material para os pacientes que precisam de uma nova córnea será essencialmente ilimitada. Tanto os procedimentos cirúrgicos e pós-tratamento também se tornarão muito mais simples”, diz Ulf Stenevi, coordenador da pesquisa.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Instituição quer zerar fila de espera por transplante de córnea
http://jcrs.uol.com.br/site/noticia.php?codn=89281
Publicado em 21/03/2012

O objetivo do Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre (HBO) é ousado, mas, se os resultados obtidos até agora, principalmente junto à população, através de campanhas de conscientização sobre a importância da doação de córneas prosseguirem, em dois anos poderá ser alcançado: zerar a lista de espera por transplante no Rio Grande do Sul.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Especialista alerta para saúde visual na terceira idade
http://jornale.com.br/portal/brasil/42-01-brasil/23431-especialista-alerta-para-saude-visual-na-terceira-idade.html
Ter, 20 de Março de 2012 15:41

Marcus Sáfady afirma que é preciso política pública para o problema!

A perda da visão é uma das causas mais incapacitantes para o ser humano. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), no Brasil, estima-se que exista aproximadamente 4 milhões de pessoas com deficiência visual e cerca de 1,5 milhões de cegos. Os distúrbios oculares tendem a aumentar com o avanço da idade.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Toda criança deve fazer exames oftalmológicos
http://www.diariosp.com.br/noticia/detalhe/15250/Toda+crianca+deve+fazer+exames+oftalmologicos
Publicado em 07/03/2012 - 15h54min

Mesmo sem apresentar sintomas, crianças a partir de 3 anos podem apresentar problemas imperceptíveis.

É difícil que crianças pequenas identifiquem e se queixem de problemas na vista, porque geralmente elas não têm noção do que seja uma visão perfeita. E doenças como hipermetropia, miopia, astigmatismo e estrabismo podem terminar afetando o desempenho dos pequenos estudantes na escola e por isso é fundamental que elas sejam detectadas e tratadas.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Teste do olhinho é simples
http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/suplementos/arrecifes/noticia/2012/03/26/teste-do-olhinho-e-simples-37120.php
Com ajuda de uma lanterna especial, exame identifica doenças como catarata e glaucoma congênitos
Publicado em 26/03/2012, às 12h32

"Teste do olhinho é feito com auxílio de uma lanterna chamada oftalmoscópio", diz Ana Paula Teles

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Como devo limpar os olhos do bebê?
http://www.bonde.com.br/?id_bonde=1-27--30-20120306&tit=como+devo+limpar+os+olhos+do+bebe
Publicado em 06/03/2012 -- 14h44

As glândulas lacrimais dos bebês possuem mais fluido do que os adultos, por isso, é necessário seguir algumas recomendações!
Os olhos do bebê, assim como dos adultos, estão protegidos pelas pálpebras e cílios, mas são mais sensíveis, necessitando de cuidados higiênicos específicos.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Doações de córnea caem 41%
http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1120718
PUBLICADO EM 29.03.2012

No Estado, estão na fila, aguardando por um transplante, 288 pessoas. O tempo de espera é de oito meses

Uma redução de 41% nas doações de córneas no Banco de Olhos do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), nos primeiros três meses deste ano, preocupa os médicos. Segundo dados divulgados pelo próprio hospital, em 2012, foram registradas 104 doações de córneas na unidade, número menor que os primeiros três meses de 2011, quando a unidade recebeu 123 doações. Se fizermos uma comparação, o pior mês foi o de março. Enquanto, no ano passado, o Banco de Olhos registrou 48 doações, em março deste ano, o mês apresentou, até ontem, apenas 28.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Nove dicas para descansar os olhos e evitar a Síndrome da Visão de Computador
http://www.pautas.incorporativa.com.br/a-mostra-release.php?id=8015
29/03/2012 às 11h36

A Síndrome do Olho Seco que acomete entre 50% e 90% das pessoas que usam computador no trabalho ou em longos períodos de estudo pode ser bastante desgastante, resultando em fadiga física, declínio da produtividade, aumento de erros e, muito freqüente...

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Pesquisa diz que uso de tablets oferece risco à saúde dos olhos
http://www.jmonline.com.br/novo/?noticias,7,SA%DADE,59729
Publicado em 31/03/2012

Os tablets são uma nova plataforma de leitura, não apenas de livros e textos, mas também de notícias e artigos. Assim, muitos dos seus usuários dedicam muito tempo dos seus dias à leitura nesses dispositivos. De acordo com pesquisa desenvolvida pelo Pew Research Center em 2011, 53% das pessoas que possuem tablets leem notícias todos os dias. Ela mostrou também que 77% dos donos desses eletrônicos os usam diariamente, durante a média de 90 minutos.

Porém, esse hábito pode oferecer alguns riscos à saúde dos olhos. “Tanto o uso de tablet como de computadores faz com que adultos ou crianças fixem a visão mais no objeto de leitura. Com isso, a frequência do piscar pode diminuir e causar piora da lubrificação ocular, como vermelhidão, irritação e sensação de corpo estranho nos olhos. Esse quadro pode levar à síndrome do olho seco, termo usado para descrever um grupo de diferentes doenças e condições que resultam da umidade e lubrificação inadequada do olho”, explica o médico Daniel Moon Lee, sócio-diretor e chefe do departamento de Catarata e Implantes de Lentes do Hospital de Olhos INOB.

Existem formas de prevenir esse e outros problemas. É preciso estar atento ao posicionamento do eletrônico e também à iluminação do ambiente. “Se o tablet ou o computador ficar a uma distância muito próxima dos olhos, aumenta o esforço de acomodação ou o foco, o que pode causar dores de cabeça depois de uma leitura prolongada”. A distância correta de posição do tablet é de cerca de 40 cm, dependendo das proporções corporais do usuário. Fazer pausas durante a leitura também pode ser benéfico.


Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Problemas na infância podem refletir no futuro
http://www.diariosp.com.br/noticia/detalhe/17509/Problemas+na+infancia+podem+refletir+no+futuro
Publicado em 30/03/2012 21:38

Imperfeições de visão não diagnosticadas quando ainda criança pode trazer problemas mais para frente
Dados da Organização Mundial da Saúde apontam que, na América Latina, pelo menos 846 mil crianças entre 5 e 15 anos têm deficiência visual causada por distúrbios de visão não tratados.
Mesmo assim, ainda é comum que se passem vários anos até que as crianças e adolescentes descubram que imagens embaçadas e dificuldades de leitura não são algo natural.


Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Proposta obriga SUS a fazer exames de glaucoma e catarata em 30 dias
http://diariodonordeste.globo.com/noticia.asp?codigo=337163&modulo=964
AGÊNCIA CÂMARA | 15H58M | 30.03.2012

O Projeto de Lei 3425/12, do deputado Marco Tebaldi (PSDB-SC), obriga a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) a realizar exames para detecção de catarata e glaucoma no prazo máximo de 30 dias a partir do pedido. Pela proposta, caberá ao Ministério da Saúde coordenar o programa.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

 



Saiba o que é xantelasma e como se cuidar
http://www.midianews.com.br/conteudo.php?sid=7&cid=111473
EQUILÍBRIO / SAÚDE
15.03.2012 | 14h00 - Atualizado em 15.03.2012 | 09h57
Ela não interfere na visão, mas pode indicar risco de ataque cardíaco

Manchas amarelas em volta dos olhos, os conhecidos depósitos de colesterol suaves e indolores, merecem atenção. Também conhecidas como xantelasma, elas não interferem na visão, mas podem indicar risco de ataque cardíaco. Foi o que alertou um estudo publicada no British Medical Journal e reproduzida pelo Daily Mail.

Cerca de 13 mil pessoas participaram do estudo que identificou que a relação das marcas com problemas cardíacos era mais aguda em homens com idade entre 70 e 79 anos.
Os que tinham xantelasma apresentavam 12% mais risco que os outros que não apresentavam essas manchas. Já para as mulheres o risco era de 8%.

No entanto, as bolsas amareladas em torno das pálpebras são um sinal mais indicativo de doença cardíaca em mulheres, devido a seu menor risco global.

O estudo também descobriu que anéis brancos ou cinzas ao redor da córnea, conhecidos cientificamente como arco senil, não estão relacionados a um maior risco de sofrer de doenças cardíacas. Este risco está relacionado com outros fatores já conhecidos, como sexo, o fumo, a obesidade, hipertensão arterial, e os níveis de colesterol.
 

 


Mitos sobre o glaucoma
http://www.jb.com.br/sociedade-aberta/noticias/2012/03/23/mitos-sobre-o-glaucoma/
23/03/2012 - 08h00


O estudo do Glaucoma tem percorrido longo caminho, seu desenvolvimento vem ocorrendo em todos os cantos do mundo e nunca houve tanta disponibilidade de recursos, tanto intercâmbio científico e criatividade como nesses últimos anos.

Hoje, o estudo do Glaucoma é uma ciência universal. Os congressos que se proliferam em vários locais do mundo permitem que colegas com diferentes origens e percepções sobre a doença partilhem entre si suas experiências, seus conhecimentos e criatividade em benefício de todos nós e principalmente de nossos pacientes. Contudo, ainda existem mitos arraigados na população que dificultam o diagnóstico e tratamento da doença, perpetuando a sua colocação como a doença que mais cega de forma irreversível no mundo.

Clique aqui para conhecer os mitos mais comuns sobre glaucoma.

 



Défice no diagnóstico de casos de glaucoma
Défice no diagnóstico de casos de glaucoma
26/10/2011 - 07:15


Progressivo e irreversível, o glaucoma é uma patologia crónica que afecta o nervo óptico e provoca alterações no campo visual que, em última análise, podem levar à perda total de visão. Apesar de não existirem dados concretos sobre a sua prevalência em Portugal, o Plano Nacional de Saúde da Visão 2004--2010 estima que existam 66 mil pessoas com glaucoma, metade das quais sem diagnóstico, avança o Correio da Manhã.

Segundo Manuela Carvalho, coordenadora do Grupo Português do Glaucoma da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia, "estima-se que 50% dos doentes com glaucoma não estejam diagnosticados", devido à "ausência de hábitos de consultas médicas oftalmológicas de rotina" e ao facto de esta ser uma "doença silenciosa e assintomática até fases muito tardias".
Tendo em conta que a procura de tratamento médico ocorre geralmente quando a doença se encontra num estado avançado, não é de estranhar que o glaucoma tenha um elevado impacto sócio-económico.

"A análise de custos directos do diagnóstico e de tratamento da doença, como exames, consultas, cirurgias, internamento, apontam para valores de 455 a 623 euros por ano por doente nas fases precoces e 969 a 2511 euros nas fases tardias", revela a especialista ao CM.

Sobrecarga dos serviços públicos

O impacto do glaucoma na saúde pública irá aumentar, devido ao "aumento crescente da população idosa no País e ao facto de ser uma doença crónica, que necessita de vigilância para toda a vida", alerta a oftalmologista Manuela Carvalho. A especialista avisa que este panorama poderá conduzir a "uma sobrecarga acrescida dos serviços públicos" e à "inexistência de uma resposta atempada para todos".

70 milhões de casos no mundo

Estima-se que entre 65 e 70 milhões de pessoas sofram de glaucoma em todo o Mundo. O número de novos casos por ano ascende aos 2,4 milhões.

 



Consumidores de Cocaína correm mais riscos de desenvolverem glaucoma
Consumidores de Cocaína correm mais riscos de desenvolverem glaucoma
06/10/2011 - 08:41


Investigadores americanos da Veterans Health Administration's Health Services Research and Development Service – organização que pesquisa temas de saúde relacionados a veteranos de guerras – desenvolveram um estudo que aponta uma relação entre o consumo da droga e a doença, anuncia o site BoaSaude.

Os investigadores analisaram dados de 5,3 milhões de veteranos, sendo que 90% deles eram homens.

A análise demonstrou que cerca de 83 mil pessoas que participaram do estudo (1,5%) tinham glaucoma. De entre esses indivíduos, os que já tinham consumido cocaína ou que ainda usavam a droga tinham chances 45% maiores de virem a sofrer de glaucoma primário de ângulo aberto. No ano de 2009, 178 mil pacientes recebidos na clinica da organização usavam a droga. Outro resultado encontrado pelo estudo é que pessoas que sofriam de glaucoma e que tinham um histórico de uso de drogas ilícitas eram aproximadamente 20 anos mais jovens do que pacientes que nunca tinham usado essas substâncias. Os resultados das análises feitas pelos investigadores apontam que outras drogas que podem estar associadas ao surgimento do glaucoma são a maconha e anfetaminas, mas em uma escala menor do que a cocaína.

“A associação do uso de drogas ilícitas e o glaucoma primário de ângulo aberto requer mais estudo, mas se o relacionamento for confirmado, essa compreensão poderia levar a novas estratégias de prevenção de perda de visão”, explica o pesquisador Dustin French. Esse tipo de glaucoma é o mais comum nos Estados Unidos e é a segunda causa mais comum de cegueira no país.

O estudo foi publicado na edição de Setembro do periódico Journal of Glaucoma.

 



Glaucoma é a primeira causa prevenível de cegueira em Portugal e no mundo
Glaucoma é a primeira causa prevenível de cegueira em Portugal e no mundo
04/10/2011 - 11:59


SPO deixa alerta pela saúde visual dos portugueses

O glaucoma continua a ser uma das principais causas de cegueira em Portugal e afecta mais frequentemente pessoas idosas. A propósito do Dia Mundial da Visão, que se assinala no próximo dia 13 de outubro, a Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) lembra que o glaucoma continua a ser a segunda causa de cegueira a nível mundial, sendo a primeira causa prevenível de cegueira irreversível, em comunicado de imprensa.

Segundo o Plano Nacional de Visão 2005-2010, a doença afecta cerca de 67 mil portugueses, estando, no entanto, identificados 200 mil hipertensos oculares, isto é, pessoas com valores altos de pressão intraocular, mas que ainda não sofrem de glaucoma.

O glaucoma é uma doença do nervo óptico, de evolução crónica, que conduz à perda progressiva do campo visual. Na fase inicial é geralmente assintomático, tornando-se incapacitante nas fases mais tardias e originando dependência de terceiros. A Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta para uma prevalência mundial de 70 milhões de indivíduos afetados e 2,5 milhões de novos casos por ano.

Segundo Manuela Carvalho, do Grupo Português de Glaucoma da SPO, “o impacto social do glaucoma é pesado, dado que atinge 1 a 4 por cento da população com mais de 40 anos. Um estudo publicado recentemente no jornal científico «Current Medical Research and Opinion» revela que o custo anual do tratamento do glaucoma é bastante inferior ao custo anual social da cegueira. O seu diagnóstico pode ser realizado por um oftalmologista numa consulta de rotina, pelo que é fundamental que toda a população esteja sensibilizada para a importância de consultar um oftalmologista de forma regular”.

A vigilância regular é também fundamental na infância, explica Eduardo Silva, especialista em oftalmologia pediátrica e membro da SPO, que realça que “a promoção da saúde visual em idade pediátrica e na adolescência é muito importante , pois a deteção precoce de problemas visuais pode garantir um melhor desenvolvimento físico, emocional e social das nossas crianças”.

Já Fernando Bivar, do Grupo Português de Ergoftalmologia da SPO, refere que “a saúde oftalmológica dos portugueses está condicionada pela ineficácia das escolhas da informação visual por parte das várias instituições da nossa sociedade. As cores e os contrastes escolhidos e a forma de colocar informação vertical e horizontal deveriam obedecer à fisiologia da visão, para que toda a sinalética possa ser melhor percebida por quem vê bem mas também por aqueles que sofrem de patologias oculares”.

A “Saúde visual na criança”, “Ambiente e oftalmologia” e o Glaucoma serão os temas debatidos pela SPO com representantes de outras sociedades médicas portuguesas numa sessão comemorativa do Dia Mundial da Visão, promovida com o objetivo de “sensibilizar os colegas das restantes especialidades para a importância da saúde visual da população portuguesa, focando os problemas que podem ser prevenidos ou tratados quando detetados numa fase inicial, como é o caso do glaucoma e das doenças oftalmológicas pediátricas”, explica Manuela Carmona, presidente da SPO.

A presidente realça ainda que “a SPO considera que uma maior colaboração entre especialistas contribui para que o doente seja melhor tratado, pelo que estamos à disposição das outras sociedades para colaborar naquilo que for necessário. Ao trabalharmos juntos podemos contribuir para que a população portuguesa seja mais saudável e seja tratada de forma mais eficaz”.

Faça o seu cadastro para participar do
Programa viVER + Allergan.

Preencha seu CPF:

Clique AQUI para continuar seu CADASTRO



Farmácias Credenciadas

RIO GRANDE DO SUL SANTA CATARINA PARANÁ SÃO PAULO RIO DE JANEIRO MINAS GERAIS ESPÍRITO SANTO MATO GROSSO DO SUL GOIÁS DISTRITO FEDERAL MATO GROSSO ACRE RONDÔNIA AMAZONAS RORAIMA AMAPÁ PARÁ TOCANTINS MARANHÃO PIAUÍ BAHIA SERGIPE ALAGOAS PERNAMBUCO PARAÍBA CEARÁ RIO GRANDE DO NORTE
rs
sc
pr
sp
mg
rj
es
go
go
ms
mt
am
ac
ro
rr
pa
ap
to
ma
ba
pi
ce
se
al
pe
pb
rn
Mapa

Entre as complicações listadas abaixo, qual pode ser causada pelo glaucoma?

Quer saber mais sobre o Glaucoma?

As principais questões para você conhecer mais sobre o glaucoma estão aqui. O glaucoma é uma doença causada pela lesão do nervo óptico, que pode causar cegueira irreversível, por isso fique por dentro do assunto e saiba mais!

Veja mais >>